Ir al Departamento de Radiología y Medicina Física

Departamento de Radiologia e Física Médica. Universidade de Málaga

Ir al grupo de Investigación en Radiología Digital

Um passeio pela Radiologia ®

Grupo de Investigación en Radiología Digital

Ir ao menu principal

Un Paseo por la RadiologíaA Walk Through RadiologyUne Excursion en RadiologieEin Spaziergang durch die Radiologie Una passeggiata attraverso la RadiologiaUm passeio pela Radiologia

Manuel Martínez Morillo e Francisco Sendra Portero. Práticas de Radiodiagnostico. Um projecto vivo desde 1998.

 

 O que é um passeio pela Radiologia? 

'Um passeio pela Radiologia' é um projeto que surge após mais de 20 anos de experiência no ensino de estudantes do 6 ano do curso de medicina. Consiste de um conjunto de casos que são apresentados seqüencialmente na tela do computador, a fim de proporcionar aos estudantes um primeiro contato com imagens radiológicas e fornecer treinamento visual, tanto para distinguir as diferentes técnicas radiológicas, como para identificar e descrever os achados mais comuns. Este trabalho não pretende ser uma lição de radiologia abrangente, mas uma ferramenta prática para treinar a percepção visual do usuário. Como? Mostrando um número suficientemente grande de casos para que o usuário vá "passeando" de um para outro. As imagens estão organizadas em dois conjuntos distintos, correspondentes ao normal e patológico.

Tecnicamente, 'Um Passeio pela Radiologia' é uma apresentação do Power Point (Microsoft Office 2000 e XP). O deslocamento dos slides é feito através de botões de ação, de modo que a condução da apresentação se dá utilizando o mouse.

O interesse dos nossos alunos e do apoio da Universidade conduziu a edição de um CD-ROM em 2000 e 2002, bem como a apresentação 'On line' na internet. Agora, é editada uma nova versão, melhorada e traduzida em seis línguas.

A 3 ª edição conta atualmente com 72 casos normais e 75 casos patológicos em duas coleções. Em cada coleção pode ser feito qualquer prática de um extremo a outro, para frente e para trás. Foram incluídas páginas centrais tipo 'home page', que permite viajar numa base seletiva, a partir da página central de imagens normais ou patológicas.

Na primeira tela apresenta-se sempre uma imagem com pouca ou nenhuma informação do caso. Na próxima tela apresentam-se as respostas às perguntas básicas e, por vezes, esclarecimentos adicionais sobre a técnica, a projeção ou o caso em questão. As respostas são apresentadas através de uma série de transições animadas, que são objetos de transição automática. Depois de terminar as transições de objetos, um aviso sonoro e visual indica que pode-se continuar.

Um passeio pela Radiologia é uma idéia original de Manuel Martínez Morillo e Francisco Sendra Portero, desenvolvido no Departamento de Radiología y Medicina Física da Universidade de Málaga. As tres edições preservam os direitos autorais dos autores e do Serviço de Publicações da Universidade de Málaga.

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo por qualquer meio, sem a expressa permissão dos autores.

 

 Por que é um passeio pela Radiologia? 

O estudante de medicina, além de conhecer a expressão da doença no paciente, deve familiarizar-se com os procedimentos diagnósticos mais comuns. Neste ponto, o estudo da radiologia adquire importância vital.

O ensino de radiologia não podia ser separado de um aspecto eminentemente prático. Existem uma série de explorações e modalidades radiológicas, sendo que cada uma representa de forma diferente a normalidade ou anormalidade morfológica e/ou funcional de um órgão ou compartimento anatômico. O aspecto final da imagem depende do fenômeno físico que cria a imagem. As imagens podem ser obtidas através de raios-X, como as radiografias convencionais e suas variantes, e la tomografia computadorizada. Outras através de ultra-som, como a ultra-sonografia, impulsos de radiofrequências, como a ressonância magnética, ou radiações provenientes dum isótopo, tais como a gama-grafia, o SPECT e PET. Fatores, como a técnica, a posição do paciente, idade, sexo e, naturalmente, a presença ou ausência de patologia, ampliam a variedade de possibilidades de representação gráfica do diagnóstico destas imagens que tornam imperativo empreender um número suficientes de horas de treinamento no aprendizado visual.

As aplicações multimídia podem contribuir para uma educação personalizada. Esta prática proporciona um número adicional de horas de estudo adaptada ao ritmo de cada estudante.

Esta aplicação multimídia trata-se de uma coleção muito diversificada e representativa das principais constatações em radiologia, onde o usuário pode ver as fotos tranquilamente, como um passeio a pé, daí o nome que intitula o trabalho. Não requer conhecimentos de informática, tão somente saber conduzir a nível básico de usuário. O estudante pode ir ao seu próprio ritmo para descobrir o tipo de achado radiológico que é mais difícil de identificar e que problemas encontrar no relacionamento entre percepção visual e conhecimento.

 

 Antecedentes 

Desde 1985 se vem realizando no departamento de Radiologia e Física Médica da Universidade de Málaga práticas com alunos do sexto ano do curso de medicina, onde eram utilizados cartãos com diapositivos, visores de microfichas, um guião escrito e um atlas de radiologia para tirar dúvidas.

A principal vantagem destas práticas reside no fato de serem autodirigidas pelo aluno, de forma que este administrava o tempo que dispunha para ir progredindo em seu ritmo próprio.O Professor intervia  no caso de surgirem dúvidas cuja resposta não poderiam ser solucionadas com o atlas de radiologia.

Os principais inconvenientes eram a deterioração do material por uso (radiografias, cristal de cobertura, tela do visor), assim como a não comodidade e a perda de tempo para consultar o guião e o atlas de radiologia.

Em outubro de 1998 se desenvolveu uma tese que consistía no uso de aplicação multimídia para docência de tomografia computadorizada do tórax (ALGARRA, 1998), o projeto AULAGA, fruto do entusiasmo de um radiologista do hospital universitário, colaborador habitual em projetos de pesquisa deste departamento e apaixonado por programação de computadores. Como parte deste trabalho foram realizadas uma série de provas para usuários, incluindo médicos especialistas, residentes e alunos do sexto ano de medicina.Em parte, motivados pelo éxito que teve a aplicação entre os alunos que trabalharam com ela e porque quase simultaneamente estavam realizando as práticas com visores do curso de 1997-98, surgiu novamente a antiga idéia de adaptar as práticas com visores entorno de algo mais moderno e atual que estivesse isento da deterioração pelo uso

Durante o curso 1998-99 començarom em nosso departamento umas práticas assistidas por computador, que foi a primeira minuta de este projeto. A informação proporcionada pelos estudantes, a observação del transcurso das práticas, e as sugestões de colegas e amigos tem contribuido com muitas aportaçoes e correcçoes que tem dado forma à vercão actual.

 

 A aplicação ‘on-line’ 

A prática pode ser visitada ‘ON-LINE’ em toda sua extensão, porém pode ser algo lento em função das limitações de transferência de dados da rede.

Clicar na imagen para ver a versão 3.1 ‘on-line’

Manuel Martínez Morillo et Francisco Sendra Portero. © 2007. Espanhol, Inglês, Francês, Alemão, Italiano, Português.

Clicar na imagen para ver a versão 2.1 ‘on-line’

Manuel Martínez Morillo et Francisco Sendra Portero. © 2002. Espanhol, Inglês, Francês.

Clicar na imagen para ver a versão 2.1 ‘on-line’

Manuel Martinez Morillo et Francisco Sendra Portero. © 2000 Espanhol

 

Para ver a prática com mais facilidade recomenda-se utilizar a versão em CD-ROM. 

 

 La pratica em CD-ROM 

A diferença da versão ‘on-line’ para a versão em CD-ROM é que esta não está sujeita as limitações da rede. Ademais, contem imagens com melhor resolução que ocupam a totalidade da tela do monitor conseguindo desta forma um efeito visual mais adequado.

 

© 2000   ESGOTADO

© 200 ESGOTADO © 2009  EDIÇÃO PENDENTE

 

Dª María José González

Servicio de Publicaciones de la Universidad de Málaga

Boulevar Luis Pasteur s/n. 29071 Málaga

Tel: 95 2132917       Fax: 95 2132918

spicum@uma.es

 

 Produção cientifica 

Analysis of nine years of experience with “A Walk through Radiology”. (Educational exhibit) F. Sendra, M.J. Ruiz-Gómez, O. Torales, M. Martínez-Morillo. European Congress of Radiology ECR 2007. Viena, del 9 al 13 de marzo de 2007. Internacional. European Radiology 2007; 17 (Supp 1):391.

"A Walk Through Radiology:" A Multimedia Project to Train Pre-graduate Students in the Visual Perception of Radiological Images. Sendra-Portero F; Ristori-Bogajo E, Martínez-Morillo M. RSNA’03. 89th SCIENTIFIC ASSEMBLY AND ANNUAL MEETING OF THE RADIOLOGICAL SOCIETY OF NORTH AMERICA. Chicago, 30 de Noviembre-5 de Diciembre de 2003; Libro de Proceedings, p 796.

M. Martínez Morillo y F. Sendra Portero. Un paseo por la Radiología 2ª Edición. Prácticas de Radiodiagnóstico v.2.1. Servicio de Publicaciones e intercambio científico. Universidad de Málaga. 2002 Edición en CD-ROM. ISBN 84-7496-961-1 

Un paseo por la Radiología®. Cuatro años de experiencia con practicas asistidas por ordenador. (Ponencia) Francisco Sendra Portero y Manuel Martínez Morillo. 1ª JORNADA UNIVERSITARIA SOBRE MULTIMEDIA Y TELEENSEÑANZA EN RADIOLOGÍA. Málaga, 31 de Mayo de 2002.

Nuevas tecnologías en la docencia de Radiología. F. Sendra Portero, M. Martínez Morillo. XXVI CONGRESO NACIONAL DE RADIOLOGÍA (SERAM) Mas Palomas (Gran Canaria), 11-14 de Mayo 2002.

Prácticas de Radiología Asistidas por ordenador. Un paseo por la radiología. F. Sendra Portero, E. Ristori Bogajo, M. Ruiz Gómez, A. Fernández Ramos, M. Martínez Morillo. XXVI CONGRESO NACIONAL DE RADIOLOGÍA (SERAM) Mas Palomas (Gran Canaria), 11-14 de Mayo 2002.

“A walk across radiology”-A multimedia application for practice pregraduate teaching on radiology. F. Sendra-Portero, E. Ristori-Bogajo, M. Martínez Morillo. ECR 2002 EUROPEAN CONGRESS OF RADIOLOGY. Viena, 1-5 de Marzo de 2002. Premiado por el comité científico con CERTIFICATE OF APPRECIATION.

Prácticas de Radiología asistidas por ordenador. Revisión de 3 años de experiencia.. F. Sendra Portero, E. Ristori Bogajo, L. de la Peña Fernández, M. Ruiz Gómez y M. Martínez Morillo. XX CONGRESO DE LA SOCIEDAD ESPAÑOLA DE EDUCACIÓN MÉDICA (SEDEM), Granada 24-26 de Octubre de 2001.

M.Martínez Morillo y F. Sendra Portero. Un paseo por la Radiología. Prácticas de Radiodiagnóstico v.1.1. Servicio de Publicaciones e intercambio científico. Universidad de Málaga. 2000 Edición en CD-ROM. ISBN 84-7496-767-8 

Una aplicación multimedia para la docencia de Radiodiagnóstico. L. de la Peña, F. Sendra, E. Ristori, JM. Pastor, R. Ruiz Cruces, M. Martínez Morillo. (Comunicación). XIV CONGRESO DE LA SOCIEDAD ESPAÑOLA DE EDUCACIÓN MÉDICA. Lérida, del 21 al 23 de Octubre, 1999. Nacional.

Docencia de Radiología asistida por ordenador. F. Sendra Portero. (Comunicación). XIV CONGRESO DE LA SOCIEDAD ESPAÑOLA DE EDUCACIÓN MÉDICA. Lérida, del 21 al 23 de Octubre, 1999. Nacional.

Aplicación de métodos multimedia en el proceso enseñanza-aprendizaje de las imágenes Radiológicas. M. Martínez Morillo, F. Sendra Portero. JORNADAS DE PROYECTOS DE INNOVACIÓN EDUCATIVA EN LA UNIVERSIDAD DE MÁLAGA SOBRE MEJORA DE LA CALIDAD DOCENTE. Innovación Educativa y Enseñanza Virtual, Universidad de Málaga. 28 y 29 de Septiembre de 1999.

 

 

Desenho e realização do web site: Francisco Sendra Portero  (Optimizado a 800 x 600)

Projeto co-financiado por:

 Dirección General de Universidades, Secretaría de Estado de Educación y Universidades, Ministerio de Educación Cultura y Deporte. Acciones de Formación complementaria, Convocatoria 2001. REF. AFC2001-0464-IP.

Instituto de Ciencias de la Educación. Universidad de Málaga. Proyectos de enseñanza virtual para la mejora de la práctica docente. Convocatoria 2001-2002.